A Associação Nacional da Advocacia Criminal – ANACRIM-PB, participou da 1ª Plenária da Advocacia Criminal, realizada pela OAB Paraíba no último dia 02, com o intuito de debater as dificuldades e pleitos da classe nesta volta dos trabalhos presenciais, após as medidas restritivas em decorrência da pandemia.

O evento foi organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil-PB, através de sua Comissão de Justiça Criminal, e ocorreu de forma híbrida no auditório da OAB/PB e contou com a participação da ANACRIM-PB, ABRACRIM e IAB.

A ANACRIM-PB foi representada pelo vice-presidente Raffael Simões e pela conselheira estadual Christiane Araruna. Nas suas falas, reforçaram a necessidade da continuidade da união entre as instituições na defesa da advocacia criminal, que tem enfrentado tantos ataques na Paraíba e no Brasil, ressaltando que a ANACRIM segue vigilante e à disposição das pautas da advocacia criminal e do Estado de direito sempre que necessário.

Foram colhidas sugestões e pleitos dos advogadas e advogadas participantes com o intuito de construir uma pauta de trabalho e reivindicações da categoria a serem levadas aos poderes e instituições.

Compuseram a mesa o presidente da OAB/PB, Harrison Targino, os presidentes da ABRACRIM nacional e estadual, Sheyner Asfora e Rafael Vilhena, respectivamente, o vice-presidente da ANACRIM/PB, Raffael Simões, o presidente da Comissão da Justiça Criminal, Moura Júnior, o presidente em exercício da comissão de prerrogativas da OAB/PB, Joaquim Lorenzoni, a vice-presidente da Comissão da Justiça Criminal, Erika Bruns, o presidente da comissão de execução penal, Daniel Alisson e o diretor regional do IAB, Carlos Aquino.
@anacrimpb
@raffaelsimoes
@christianeararuna
@romulopalitot
@oabpb