26 C
Rio de Janeiro
spot_img

CDAP E ANACRIM TÊM FORTE ATUAÇÃO NA DEFESA DAS PRERROGATIVAS NO CASO HENRY BOREL

Na data de ontem (01/06/22), foi realizada mais uma audiência do caso Henry Borel, com a oitiva de peritos que atuam na causa.
Por diversas vezes ocorreram desentendimentos e exaltações, com a juíza que presidia o ato, inclusive, afirmando que “retiraria” o advogado do réu Jairinho da sala de audiência.
Neste momento a CDAP da OAB-RJ, que tem como presidente o Dr. Marcello Oliveira, iniciou uma forte atuação conjunta com a ANACRIM, em defesa das prerrogativas do advogado e para manutenção dos direitos inscritos na Lei 8.906/94.
As coordenadoras da CDAP para as varas criminais estaduais, Dra. Bianca Saldanha Marinho (coordenadora) e Dra. Fernanda Neiva (coordenadora adjunta), ambas integrantes da ANACRIM-RJ, compareceram ao local, prestaram apoio e atendimento, e lá permaneceram até o final da audiência, que durou mais de 12h, reafirmando o compromisso da CDAP com a defesa das prerrogativas.
Trata-se de mais uma atuação conjunta e efetiva da CDAP em parceria com a ANACRIM.
Na foto, as advogadas e coordenadoras, Bianca Saldanha e Fernanda Neiva, com o advogado de Jairinho, Dr. Cláudio Dalledone, que também é membro da ANACRIM-PR.
Dalledone solicitou, durante a audiência, a presença da OAB-RJ e foi imediatamente atendido e assistido pela CDAP e a ANACRIM.

- Advertisement -spot_img

Noticias ANACRIM